segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Ela só quer me ter...

Calma, não se precipite. No título, a frase "Ela só quer me ter" tem um duplo sentido. Trata-se do pronome oblíquo "me" mais o verbo "ter"...que poderia ser escrito "ter-me". Mas, não teria o mesmo efeito fonético.
Fuçando em alguns CD´s velhos, encontrei um que ganhei de um provedor de internet alguns anos atrás. No conteúdo, encontrei uma música que nem lembrava e que é de uma banda desconhecida (Faichecleres). E o título da música é o mesmo dessa postagem. Uma música ambígua. Quando você a escuta, ams, não presta atenção, parece que o "ter-me" ao contrário quer dizer outra coisa, mesmo.
Ouvindo a divertida canção, fiquei pensando em um monte de coisas, sobre conversas com amigos e amigas sobre o assunto. Também sobre momentos que passei, coisas pessoais. Experiências de amigos. Na verdade, umas semanas atrás, eu e alguns amigos conversávamos sobre o papel do homem, da mulher, etc. Esses papos que surgem do nada e que geram certa polêmica e tal. Falando de uma maneira generalizada, a mulher de hoje é como um homem, rsrs. Quer saber de zuar, de curtir a vida, não ter compromisso com cara nenhum e tudo mais. Um amigo até comentou sobre o fato de que muitas mulheres que são noivas e casadas, o procuram para ter experiências sexuais e etc. Querem curtir a vida... Claro, o mesmo acontece com os caras, os homens. Mas, é interessante observar como os papéis têem se invertido nos dias atuais.
Muitos caras que conheço, querem casar, constituir família, etc. Mas, as garotas nãoq uerem saber de nada! Traem seus namorados, seus noivos e maridos. Então, pra que ficar com o cara? E porque não assumir oq ue é, logo, ao invés de fazer papel de normal na vida real e ser outra pessoa no mundo virtual ou nas baladas? (mas, aí entra outra discussão pra outro dia).
Ah, falei demais! rs... Imaginem, o papo foi longe.
Até achei uma parte da música no Youtube. Confere e você vai entender os caras, rsrsrs...

"Diz que precisa de mim e eu não sei por que. Ela me quer só pra me ter".

0 comentários: