segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Mil palavras...

Quem sempre visita meu blog já percebeu que sou muito ligado em músicas. Cada canção me faz lembrar de um momento da minha vida. Também, lembra alguém. Acho que quase todo mundo é assim. Há músicas que não se encaixam na trilha sonora de nossas vidas num certo momento. Porém, mais tarde, elas se encaixam perfeitamente e começam a fazer sentido para nós.
Uma das canções mais marcantes da minha vida, com certeza foi a "1000words". Faz parte da trilha sonora de um jogo. Mas, não seja preconceituoso. É uma bela canção, com uma linda letra e que ainda espero ouvir, muitas vezes, durante a minha vida. Quem sabe...
Há uma versão em japonês, uma em inglês, uma orquestrada com letra em inglês e uma no piano. Todas valem a pena, mas, só estou colocando a versão em inglês, a mais conhecida.


1000 Words (tradução)

Eu sei que você mentiu para mim
Usando palavras gentis, para me proteger
Suas palavras são como um sonho
Mas sonhos jamais me enganariam
Não é certo para mim...

Eu estou agindo tão distante agora
Dei as costas, enquanto você ia embora
Mas eu estava ouvindo...
Que você lutaria suas batalhas longe de mim
Não é certo para mim...

"Não se preocupe porque eu voltarei..."
Eu pude ouvir você falar enquanto você ia para aquela porta
Eu me fiz dei forte
Para esconder aquilo, então eu voltei as páginas
Chorando uma resposta vazia
E se eu soltasse as lágrimas e implorasse para você não ir
embora?
Mas agora eu não tenho medo
De fazer o que está em meu coração

Estas mil palavras
Nunca haviam sido ditas
Tão longe,
Eu estou as enviando para onde quer que você esteja
Suspensas em asas brilhantes

Estas mil palavras
Nunca haviam sido ditas
Elas irão te prender
Faze-lo nunca mais ousar parecer tão longe
E segura-lo para sempre...

Aquele sonho ainda não acabou
Eu posso fingir, e dizer que eu posso esquecer
Eu continuo viver minha vida
Você estava lá comigo todo o caminho
Não é certo de mim

"Não se preocupe que eu escreverei para você"
Eu pude ver você falar enquanto você olhava para longe
Eu me fingi de forte
Para esconder aquele amor
Então eu voltei as páginas
Raiva poderia ter sido a resposta
Mas se seu fizesse 'não' com a cabeça e falasse que não podia
esperar
Mas agora eu não tenho medo
De fazer o que está em meu coração

Estas mil palavras
Nunca haviam sido ditas
Tão longe,
Estou as enviando para onde quer que você esteja
Suspensas em asas brilhantes

Estas mil palavras
Nunca haviam sido ditas
Estou as enviando para onde quer que você esteja
Suspensas em asas brilhantes

Estas mil palavras
Nunca haviam sido ditas
Fazem você nunca mais ouvr, sentir como se me chamasse

0 comentários: