sábado, 22 de dezembro de 2007

I dont want to grow up!

Como dizia a música dos Ramones: "Eu não quero crescer!"
Hoje em dia, vejo as crianças amadurecerem precocemente, pedindo pro Papai Noel celulares, Mp3 Players, computadores, etc. Quando eu era criança, eu queria brinquedo! Vejo esses pirralhos dizendo que queriam crescer logo, que queriam ter 18 anos logo e acho isso lamentável.
Estão jogando fora uma das fases mais importantes da vida e, talvez, a mais gostosa de se viver. Aproveitei minha infância ao máximo, mas, ainda hoje, tenho um pouco de criança dentro de mim. Ainda paro na frente de algumas lojas e fico recordando das brincadeiras e dos brinquedos.
Muitos querem crescer logo porque acreditam que farão o que bem entendem, o que quiserem. Doce ilusão porque, com a maioridade, chegam as responsabilidades. Uma professora minha já dizia que não adianta morar separado dos pais e continuar dependendo deles pra alguma coisa, como lavar a roupa, emprestar dinheiro, etc. Pra ser independente, é muito mais que isso. E fazer 18 anos, não deixa ninguém independente. Já comentei sobre esse assunto nesse blog, uma vez. Por isso, sem mais delongas, veja o video dos Ramones.

"Eu Não Quero Crescer"

Enquanto estou deitado na minha cama à noite
Eu não quero crescer
Nada nunca parece dar tornar certo
Eu não quero crescer

Como você se vira num mundo de neblina
Que está sempre mudando as coisas
Faz eu desejar que eu pudesse ser um cachorro

Quando eu vejo o preço que você paga
Eu não quero crescer
Eu nunca quero ser desse jeito
Eu não quero crescer

Parece que as pessoas tornam-se coisas
Que elas nunca querem
A única coisa para se viver é hoje

Eu vou fazer um buraco na minha TV
Eu não quero crescer
Abrir a cômoda dos remédios
Eu não quero crescer

Eu não quero ter que gritar bem alto
Eu não quero que o meu cabelo caia
Eu não quero me encher de dúvida
Eu não quero ser um bom escoteiro
Eu não quero ter que aprender a contar
Eu não quero ter a maior quantia
Não, eu não quero crescer

Quando eu vejo meus pais brigarem
Eu não quero crescer
Todos eles saem e bebem a noite toda
Eu não quero crescer

Eu prefiro ficar aqui no meu quarto
Não lá fora, a não ser tristeza e melancolia
Eu não quero viver num grande túmulo velho na rua
majestosa

Quando eu vejo o noticiário das 5
Eu não quero crescer
Pentear seus cabelos e engraxar seus sapatos
Eu não quero crescer

Ficar por aí na minha velha cidade natal
Não quero gastar nenhum dinheiro
Eu não quero um grande empréstimo
Trabalhar duro
Eu não quero flutuar numa vassoura
Me apaixonar, casar e aí crescer

Como diabos eu cheguei aqui tão depressa?
Não, eu não quero crescer

0 comentários: