quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Sacrifício

Estou assistindo os episódios do anime "Full Metal Alchemist". Passava na Rede Tv, mas, era cheio de cortes, não passava a abertura e o encerramento. Ou seja, uma droga. Agora que posso acompanhar os episódios por completo, vejo que é muito bom. O traço é bom, a história é boa. As lições deixadas, em cada episódio, são marcantes e não há como não refletir sobre o que é falado. Numa época em que se lançam tantos filmes, músicas, desenhos, etc, sem originalidade e criatividade, "FMA" se destaca por ter todas essas boas características.
A história gira em torno de dois irmãos, Alphonse e Edward Elric. Eles perdem a pessoa que mais amavam, sua mãe, e tentam ressuscitá-la através da alquimia. Porém, o princípio básico dessa ciência é a "Lei da Troca Equivalente". Para se obter uma coisa, é preciso oferecer outra de mesmo valor. Nada pode ser obtido sem algum tipo de sacrifício. A experiência dá errado e Alphonse perde seu corpo. Para ter a alma de seu irmão de volta, Edward perde um braço e uma perna. Então, os irmãos descobrem que certas coisas são tão valiosas que não há nada que possa ser oferecido em troca. A alma de Al está presa dentro de uma armadura de metal. Ed coloca próteses de metal no lugar dos membros perdidos. Eles crescem e sua busca muda. Obter seus corpos de volta. A história é longa, muita coisa acontece.
Pensa bem, pelo que você se sacrificaria? O que vale a pena sacrificar pra alcançar um objetivo, meta? Na vida, é preciso sacrificar muitas coisas para se obter outras. Desde as coisas mais simples, até as mais complexas. Estudos, carreira, família, amor. E o que deve ser sacrificado? Pode ser que você não perca uma perna ou braço, mas, é preciso escolher com sabedoria o que irá abandonar. Tudo deve ser colocado numa balança. E, quando possível, manter o equilíbrio das coisas. Porque você pode perder algo valioso demais para ser obtido de volta.
E então? O que vale a pena? O que você fará?

0 comentários: