quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Saudade


Se eu tivesse que escolher a palavra mais bonita da língua portuguesa, seria "saudade". Sua sonoridade, seu significado, as diversas formas que pode ser aplicada, o sentimento que ela é. Podemos ter saudades de muitas coisas, de uma época, de amigos, de um grande amor, de alguém que morreu, etc. Ela vai e volta. Mesmo que você a "mate" (como costumamos dizer), ela sempre volta depois. Quando "matamos a saudade" de alguém, estamos suspendendo o sentimento, mas, ele acaba voltando em outro momento. A pessoa sente-se mais amada, feliz quando sabe que alguém sente saudades dela. Quando sentimos falta de alguém, o vazio só é preenchido com a presença da pessoa querida. Quando sentimos falta de uma época, enganamos o sentimento fazendo uma retrospectiva, revivendo os dias passados. Quando sentimos saudades de um querido que faleceu, esquecemos o sentimento por alguns instantes falando sobre os feitos dele e os momentos vividos.
Sinto saudades de muitas coisas. De uma certa época da minha vida, de algumas pessoas. Duas, eu tenho mais saudades. Uma, não volta mais. A outra, não sei se volta, rsrs. Mas, a saudade fica. No coração.

"A casa da saudade chama-se memória: é uma cabana pequenina a um canto do coração."

0 comentários: