domingo, 16 de março de 2008

Pensa de novo


O BICHO

Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.

(Manuel Bandeira)

Pensa de novo. Você é infeliz? Se você não se conforma com o mundo, então, o que tem feito para mudá-lo?
Pensa de novo. Leia o poema, veja a imagem. Só de poder ver essa mensagem num computador, você é mais feliz que esse garoto, que nem comida tem.
Pensa de novo. Ainda está em busca de felicidade? Eu não...

0 comentários: