sábado, 22 de março de 2008

Páscoa

Mais um feriado que as empresas, sedentas por lucro, usam para introduzir suas idéias. Coelhinho da Páscoa? Chocolate? De onde saiu essa baboseira? Bom, a verdade é que ninguém se lembra do que se trata a Páscoa, realmente. Essa é mais uma daquelas datas que as pessoas ficam boazinhas por 24 horas e agem de maneira hipócrita. Então, na segunda-feira volta tudo ao normal.
Somos incentivados ao consumismo. Compramos, desesperadamente, o que não é essencial e nos endividamos como loucos. As pessoas ainda estão pagando em 10 vezes sem juros as compras de Natal, em 32 vezes a viagem de Carnaval e fazem mais essa dívida: as compras de Páscoa. Já trabalhei em banco e peguei trauma de cartão de crédito e talões de cheques. Por isso, passo longe desses males e evito acumular dívidas. Mas, se você tem responsabilidade, pode usá-los. Só tome cuidado para não cair nas tentações dos créditos oferecidos e nas dívidas inúteis. É uma bola-de-neve. Pense nisso. Aproveite pra pensar, também, o que significa a Páscoa e o que tem de tão especial nela. Lembre-se que o personagem principal dessa história não come cenouras, não traz chocolates, não tem olhos vermelhos e nem pêlo branquinho. O personagem principal era carpinteiro e atende pelo nome de Jesus.
Boa Páscoa para todos.

0 comentários: