sexta-feira, 14 de março de 2008

Ser feliz

Ontem, quando eu estava no metrô, indo para meu curso, escutei uma mulher conversar com outra, dizendo: "As pessoas não são felizes. Descobri que preciso fazer alguma coisa, porque ninguém é feliz." Ela contava sobre uma experiência que teve e que deveria fazer algo pelos outros.
Mesmo que a vida seja difícil, mesmo que o nosso futuro seja incerto e que, muitas vezes, parece que não há mais esperança, ainda existem pessoas felizes. Talvez, sejam poucas ou bem menos que as infelizes.
A vida é feita de escolhas. Sempre há mais de uma opção, cabe a nós decidir. Tudo deve ser pesado numa balança.
Eu sou feliz. Por mais que eu enfrente dificuldades ou que, em alguns dias, eu acorde me sentindo horrível por dentro, eu sou feliz. Quando nasce o Sol, temos a oportunidade de escolher como será o nosso dia. Temos a chance de escolher o que faremos e como faremos. Por quem e pelo que lutaremos.
Eu perdi um emprego razoável, perdi meu pai, perdi outra pessoa que amava, perdi pessoas que considerava "amigos". Tudo isso me trouxe dor. Porém, posso afirmar que sou feliz. Não estou em busca de felicidade. Ela está comigo, todos os dias. Nas pequenas e simples coisas da vida, aquelas que não notamos ou não costumamos sentir falta está a nossa felicidade.
Eu sinto muito em contrariar quem pensa o contrário, como a mulher que comentei logo acima. Eu posso afirmar que sou feliz. E não me diga que não tive motivos pra sofrer, porque eu já lhes disse um pouco do que já perdi.
Será que você é infeliz, mesmo? Ou ainda não percebeu o quanto você é feliz? Depende de você, de suas escolhas.

1 comentários:

Felipe carmine disse...

''Somos a consequencia doque pensamos!''

Eu concordo contigo Francis!.


abraço!