quarta-feira, 6 de agosto de 2008

Naruto e o Patinho Feio

Todos se lembram das fábulas que eram contadas quando éramos crianças. Seus personagens, suas lições de moral ficaram gravadas nas memórias de todos que já as ouviram, algum dia. A estrutura usada nesse tipo de conto é muito comum e a vemos repetindo, ainda hoje, nos filmes, desenhos e demais histórias.
Um dos "Contos de Fadas", como conhecemos no Brasil, mais contado para os pequeninos é "O patinho feio". Em resumo, é a hitorinha de um filhote de patos que é caçoado por seus irmãozinhos por ser o mais desengonçado e feio entre eles. O patinho passa por maus bocados, mas, no final, temos um exemplo de superação. O feinho cresce e se torna um belo cisne, diferente e destacado dos seus irmão, meros patos comuns. Podemos tirar inúmeras lições, mas, a principal é que, um dia, você pode dar a volta por cima, também.
O que isso tem a ver com Naruto? Bom, pra quem não conhece o anime e o mangá do "Ninja Laranja", trata-se da história de um menino que é odiado por todos os moradores do vilarejo onde mora, desde o seu nascimento, por carregar um monstro dentro dele. O menino sofre por causa da solidão, por não ter amigos e nem família. Não faz parte de um clã poderoso, é o pior aluno da turma e as garotas não lhe dão bola. Apesar da história de Naruto ainda não ter acabado, podemos observar uma grande evolução do personagem em relação ao começo da história, conquistando amizades, tornando-se forte e querido até mesmo entre aqueles que eram seus inimigos.
Hoje, ainda podemos tirar novas lições dos "Contos" que nos contavam. É como aquele filme ou desenho que você via quando criança e não entendia muito, mas, que agora você percebe como tem profundidade, ou como é engraçado e não entendia as piadas. A fórmula se repete, no entanto, a mensagem nunca é demais. Nós, como aquele Patinho ou como o Naruto, podemos dar a volta por cima. Afinal, quem nunca teve um momento em que foi desprezado ou caçoado. Quem nunca se sentiu como se fosse o maior perdedor do mundo?
Tá na hora de mostrarmos que não somo meros patos comuns...

F.Mendes

1 comentários:

Anderson Ricardo disse...

Realmente essas histórias sempre tem uma mensagem de incentivo ou lição de moral, e hoje em dia como vc disse a fórmula se repete, mas, num contexto diferente, mas, que ela repete e muito. ^^'