quarta-feira, 22 de outubro de 2008

A importância da leitura


Uma das coisas que aprendi com meu pai foi a importância de ler. Ele era um homem muito inteligente, professor de história e geografia, lia o jornal todos os dias. Em casa, havia uma mini-biblioteca. Livros antigos, edições raras, diversos assuntos, dicionários, enciclopédias e estava em constante expansão. Ele dizia que, quando não precisasse mais trabalhar ou quando pudesse descansar, aquele seria o lugar onde passaria seu tempo. Um xodó com os seus livros. Mas, esse dia não chegou, infelizmente. E eu sou um dos herdeiros de sua biblioteca.
Eu fiquei com boa parte dos exemplares. Outra parte, foi para a esposa de meu irmão. Um amigo da família pegou mais alguns. O restante, foi para a biblioteca municipal situada na nossa região. Agora, muita gente pode adquirir esse hábito que o velhinho tinha.
Muita gente diz o quanto a leitura é importante, ao longo de nossas vidas. Na escola, professores já diziam. Na faculdade, não foi diferente. Nem na escola de desenho. Ler faz com que conheçamos novas culturas, ganhemos novos conhecimentos, aprendamos novas palavras, escrevamos melhor, nos leva a um universo alheio a nossa realidade, nos alerta sobre o mundo ao nosso redor, etc.
Nossa geração tem muita preguiça de ler. Quase ninguém lerá esse texto, porque é considerado grande para os padrões atuais. A revista mais vendida do país se chama "Veja" e não "Leia". As imagens ganharam muito mais importância, mudando os hábitos e costumes de leitura. Hoje, vemos uma juventude sem vocabulário, sem saber distinguir palavras certas e erradas. Que não sabem conjugar verbos e que não se preocupam com isso.
Andando pelos blogs, por aí, encontramos coisas que deixam qualquer um de cabelo em pé. Não me entenda mal, entendo a linguagem despojada, eu também escrevo assim, aqui. Há erros que todo mundo comete. No entanto, há coisas simples e básicas que qualquer um deveria saber.
Eu continuo lendo e gosto de presentear pessoas com livros. Minha namorada já ganhou alguns. Na verdade, ela é mais uma herdeira dos livros de meu pai. Hoje em dia, leio mais quadrinhos, o que já ajuda. Mesmo assim, não consigo deixar de ler um bom livro. Nos últimos eventos que fui, adquiri muitas obras de Tolkien. E ainda há muito o que ler.
Se você leu esse texto inteiro, saia da frente de seu computador. Vá ler um bom livro, vá atrás do conhecimento, seja lá qual for. Fica a dica.

1 comentários:

Anderson Ricardo disse...

Realmente ler é super divertido, leva a pessoa a um mundo totalmente novo e cheio de efeitos especias dos quais imaginamos sem precisar do cinema ou outra midia de video. Atualmente depois de quase um ano sem ler, voltei a ler O Silmarillion ¬¬', mas o bom é que eu voltei a ler ^^'